quarta-feira, setembro 15, 2010

Lucy e Jimy


Sombras negras invadiam o quarto de Lucy. Já eram quatro da manhã e ela ainda não tinha mergulhado no mundo dos sonhos. Rolava de um lado para o outro e buscava abraçada em seu travesseiro o calor de alguém. Ela já era bem crescida para ir ao quarto dos pais pedir um pouco de companhia e se contentava em apenas se esconder em baixo dos lençóis enquanto não dormia. O motivo para tanto era o fato de não querer ir á casa da senhora Marta logo que o dia raiasse.
"Lucy! Não precisa disso tudo! A senhora Marta é uma pessoa tão boa!" Dizia a mãe de Lucy quando ela se negava a acompanhar a mãe nas visitas que faziam áquela senhora. Mas o motivo de não querer visitá-la, não era ela mas, uma lembrança que tinha. Uma vez quando criança ao passear pelo jardim da casa da senhora Marta, Lucy viu ao longe um garoto que olhava para ela curioso. Era um garoto ruivo, de olhos claros, um pouco a mais da idade dela. Era Jimy. Sempre que Lucy ia visitar a senhora Marta se deparava com Jimy que sempre a olhava com ar de curiosidade. Uma vez, rompendo o silêncio ele disse "Oi" o que deu início a conversas e mais conversas. Já eram amigos, até mesmo irmãos. Unidos em um sentimento. Tudo faziam juntos a ponto de Lucy ir todos os dias lhes fazer visitas. Um dia Lucy recebeu a notícia de que Jimy havia viajado para o outro lado do país e não voltaria. Aquilo a abalou, mas não tanto quanto o tempo que a fez perceber que ele fazia uma grande falta. Não havia um dia que não se lembrasse dele e odiava ter que visitar a senhora Marta. Não pela senhora a quem considerava muito, mas porque a cada passo que dava naquele lugar lembrava de Jimy.
Ela cresceu. Era uma moça e mais uma vez tinha que voltar aquele lugar. Hesitou até sua mãe lhe convencê-la. E foram as duas. A cada minuto que passava as lembranças vinham. Chegaram a porta da casa e tocaram a campainha.
"Oh, que prazer tê-las aqui novamente!" Disse a senhora Marta.
"É sempre uma alegria para nós ter que visitá-la Marta!" Disse a mãe de Lucy. E adentraram a casa. Sentaram e longas conversas vinham acompanhadas de xá com biscoitos enquanto Lucy tentava apenas prestar atenção em tudo e esquecer de Jimy.
O som de alguém batendo na porta surgiu e as poucos ela foi abrindo trazendo a imagem de um rapaz alto e ruivo de olhos claros. Trazia em sua mãe um ramo de folha. Foi em direção de Lucy e estendo sua mão com o ramo disse:
"Sabia que viria! Trouxe esse ramo de folha porque é mesmo que você gostava de tirar das árvores. Como está linda Lucy! Sempre tentei imaginar como estaria, mas vejo que é mais bela do que esperava."
O coração de Lucy bateu forte e num sorriso disse:
"Oh meu querido amigo Jimy! Quanta falta você me fez! Me coração se enche de alegria em vê-lo novamente!"
Eles sorriam. Não era um sorriso natural, mas um sorriso que revelava o verdadeiro sentimento que sentiam um pelo outro. A tarde passou e em longas conversas puderam aproximar o que tempo separou. Em olhares viam na alma do outro algo que a distância não pode tirar deles. O amor que um sentia pelo outro.

Gostou? Deixa um comentário, manda um recadinho na caixa de menságens. Fico feliz com a sua opinião.
Adicionar imagem

12 comentários:

Vivian Mont'Alverne disse...

Adorei! :)

Vivian Mont'Alverne disse...

Adorei! :)

Vivian Mont'Alverne disse...

Adorei! :)

Vivian Mont'Alverne disse...

Adorei! :)

Vivian Mont'Alverne disse...

Adorei! :)

Hemmely disse...

mt bom .. um texto bem atraente :)

Graça disse...

Hozana, Parabéns.
Adooorei de verdade...sucesso ae (y'

Duanny disse...

Adorei seu blog também !
Obrigada pelos elogios tecidos no meu blog, pra mim vale muito quando pessoas de fora leem e tem essa impressão , de escrever bem !Não é a minha pretenção, mas muito obrigada mesmo ! já te add nos favoritos !
Me identifiquei com seu blog, é muito o meu jeito de escrever.
Parabéns !
(:

aivilana disse...

Oie, te vi numa comunidade e resolvi dar uma passadinha.

Adorei o texto! :)
Fiquei curiosa para saber o final, achei que teria um fim trágico, haha! Me surpreendeu. :)

Excelente!

=**

Guilherme disse...

boa .... como diz a outra adorei! hahhahaha

by blog contudos

Rondinelli Rodrigues disse...

muiito legal o texto!
vc escreve muiito bem! e muiito obrigado pelo elogio la no meu blog!
ahh vou te seguir tah?! se quizer pode me seguir tbm... num ligo nao! HAUHuahuHAUha
estarei sempre por aqui!
beeijos!

http://deunatellha.blogspot.com

Gaabe disse...

aain eu também achei que teria um final ruim, mas não, o final foi ótimo, eu amei ! *-*