domingo, setembro 19, 2010

O coração perdido


Era uma vez... e só uma vez em que uma menina perdeu o seu coração (Perdeu mesmo! Saiu de dentro do peito). Ela já havia procurado em todos os lugares. Em baixo da cama, dentro do guarda roupa, procurou até no lixeiro, mas não o encontrou.
Ela estava triste, pois todos os seus sentimentos estavam guardados nele. De certo que ela sabia que além das coisas boas também tinham as coisas ruins e disso aí ela não sentia falta. Ela precisava de achá-lo ou de repô-lo com outro coração, mas quem estaria disposto a doá-la um? Os dias passaram e ela aflita. Sorria, chorava, sentia dentro de si uma mistura de algo que estava desordenado. Pensava "Onde foi parar esse bendito coração?"
Certo dia, viu alguém passar. Não era um qualquer alguém, mas era aquele a quem o seu coração disparava(quando o tinha, claro) sempre que o via. Suas pernas tremiam, e não hesitava em deixar os olhos parados por horas a fio naquela direção. Ele vinha e trazia na mão um coração. Não era o dela, pois o reconheceria muito bem se o visse. Ele parou diante dela com aquele coração na mão e com palavras suaves começou a dizer: "Este aqui é o meu coração! Ele não para de chamar por seu nome e de me pedir para morar em seu peito. Agora estou te dando ele assim como você me deu o seu!"
Ela agora se lembrava. Lembrava que havia dado para aquele rapaz o seu coração na esperança que ele lhe desse o seu. E agora ele dava. Ele com o coração dela e ela com o coração dele. E os dois unidos á um sentimento. O amor. Porque só o amor é capaz de fazer essa doação. E viveram assim, sempre a cada batida. E você? Onde está o seu coração? Talvez você o tenha perdido no peito de alguém! Tenho certeza que em algum lugar tem alguém com um coração prontinho dentro de uma caixa de presente para lhe dar.

15 comentários:

Stéphanie disse...

Adorei o texto, fascinante. O amor é o sentimento mais belo que existe. Estou te seguindo, espero que me siga =D

Bjs

http://tvfabulous.blogspot.com/

Stéphanie disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ariane Figueira disse...

Cada um tem um coração reservado só esperando para ser entregue.
Amei o texto, e o blog tbm.
to seguindo ;*
Bjs !

J. Raquel disse...

Meu coração com certeza está com alguém que até sei quem, mas não sei se como o seu texto se ele me entregará seu coração ^^

Belo texto, parabéns!

Aripiprazol e Caiçara Parpitero disse...

O Humor Sulfúrico agradece pela sua visita. Parabéns pelo blog, acabei de acordar e li seu texto, belas palavras pra encarar o dia lá fora.

HS

Macaco Pipi disse...

temos que saber lhe dar e encontrar a resposta

Francorebel disse...

Bonito texto, continue nessa linha que vai dar certo.

Coisas da vida disse...

Lindo seu texto...Continue escrevendo, tu leva jeito pra coisa...

Te seguindo.

'Glenda Barros

alongaestrada disse...

olá!! primeira vez que visito seu blog!gostei do que li e das belas imagens dos posts..

''o coraçao perdido'' é um texto que nos dá uma boa sensaçao de esperança pelo amor...é disso que precisamos, né? ;)

Rayane France disse...

que lindo !
- amei a foto do coração com a chave , rs .

Vivian Mont'Alverne disse...

Olá, tem um selinho para você no meu blog! :)

iule Karalkovas . disse...

Eu ADOREI o blog, mesmo! Muito lindo.. O layout, as escritas, as fotos... Você escreve muito bem, parabéns!

FELIPE DE SOUZA - Psicologia Online disse...

Muito bonito seu texto, que me fez lembrar de outros dois:

O começo de Um retrato do artista quando jovem, de James Joyce..."Once upon a time and a very good time it was a little boy..."

e a musica de Arnaldo Antunes, Socorro...alguém me de um coração...que este ja nao bate nem apanha... rsrsrs

Parabéns pelo BLOG!!! Lindo!!!

http://felipedesouza-psicologo.blogspot.com/

RomerGomes disse...

Nossa show de bola esse texto...

Gostei muito!!!


Parabéns...

RomerGomes disse...

Seguindo-a