segunda-feira, outubro 18, 2010

O ônibus

Olá queridos! Logo quero agradeçer a todos que tem acompanhado o blog e que tem deixado um pedacinho de si nos comentários. Espero que continuem gostando. Nada do que escrevo é só para mim. É a materialização do que sinto trazida numa forma que possa alcançar a vocês que lêem A Borboletra. Peço desculpas, pois nem sempre posto com frequência pela rotina que tenho, mas não desanimem! Sempre buscarei postar algo quando der.O que tenho a dizer é que estou muito feliz com o desenvolvimento do blog e com o apoio de todos. Obrigado!
Como é de costume, postarei algo novo hoje.




Hoje eu estava em um ônibus.
Sentada bem perto a janela vendo tudo lá fora passar com a velocidade de quem assumia o volante.
Parada eu pensei que aquele ônibus era algo mágico. Sim, mágico. Mágico a ponto de fazer com que poucos percebam sua magia. Mas eu percebi.
Percebi que não tem quem não fique hipnotizado com as imagens do lado de fora da janela; que não se sinta vazio e cheio ao mesmo tempo e que quando se está só pensa em tudo. Eu já criei conversas sozinha, já chorei e até me arrependi; eu até já tentei imaginar a vida de cada passageiro e fiquei com vergonha de pedir licença para o rapaz que sentou ao meu lado. Eu já fiquei com medo, já fiquei vendo a catraca girar ouvindo ela falar "Bem vindo" áquele que entra; eu já passei da parada só porque me perdi nas letras das placas e na mulher que carrega a criança nos braços; eu já tive pena de quem me pedia uma moedinha e até ri com as canções engraçadas dos palhaços sem nariz vermelho. Eu já senti uma sensação estranha ao perceber um olhar de alguém que estava em pé do outro lado e até achei coisas de pessoas que as perderam.
Cada entrada, cada saída, cada passageiro gritando a palavra "Motorista", cada olhos que vi, cada rosto, cada gente e até gente que pra mim não é pessoa. Eu sei. Você que já andou em um ônibus sabe. As músicas cantadas, as conversas, os telefonemas atendidos. Tudo. Você acaba percebendo os mínimos detalhes de cada coisa. Até de coisas que não estão ali dentro. E quando você pede parada e desce, toma o seu destino sem lembrar do que sentiu ali dentro. E não percebe que os momentos dentro do ônibus te fizeram perceber muitas coisas. Você acaba voltando pra casa com respostas de perguntas que você não tinha como responder por não sentar em uma cadeira e pensar. Você não percebeu, mas a próxima parada não foi aquela em que você desceu.

33 comentários:

J. Pita disse...

E eu pensando que era apenas eu que observava todos esses detalhes.Muito bom o texto e parabéns pelo blog, tá realmente muito bom! Hahaha!

Beijão :*

Expe disse...

Olá florr
obrigada pela visita.
volte sempre,siga-me tb.

beijoss


http://antene-semakeup.blogspot.com/

Rodrigo Passos disse...

bom texto!

Camila Gusmão disse...

Eu já conhecia o seu blog, sou apaixonada por borboletas e adorei a forma envolvente com que você escreve...
Realmente, o ônibus é mágico, mas só quando está vazio =P

Gui disse...

Mt bom, curti..
No começo do texto, me identifiquei, pois é mais ou menos assim q me sinto.. =)
Parabens pelo blog, até mais! ;D

Jim Carbonera disse...

poutzz isso q é ver poesia e beleza nas coisas minimas da vida.

Parabens.

Sinceramente, nunca tive esse tino de observação e pensamentos q tu teve.

Muito bacana mesmo o post. ;) Vou começar a imaginar mais =]

Bjs, já tava te seguindo. Colocar teu blog nos "eu recomendo" la do meu.

Estilo Distinto:
http://estilodistinto.blogspot.com/

bia santos disse...

Eu tenho tanta história de ônibus para contar... já peguei dois ônibus e o metrô para ir trabalhar, mais de 02 horas só no trajeto. Hoje tenho carro, mas ainda ando de busão.
Parabéns pelo blog!

gameiro_writer disse...

Coisas do cotidiano que nos faz refletir né.. gostei muito da sua percepçao :)
beijoos

thamires_fg01 disse...

eii ...
Nossa muito bom o texto
gostei muito do seu blog..
textos que me chamaram a atenção ><
bom.. To te seguindo então..
se puder me seguir vou adora sua compania rs...
bjim , inte

Canto do Lufa disse...

tem pedaços que me identifiquei

Suzy Carvalho disse...

legal o texto e gnt, faz anos q nao ando de onibus o.O' hauhaa

Flavio Ribeiro disse...

Excelente reflexão! Somente pessoas com muita sensibilidade podem capturar um momento como esse e traduzi-lo em palavras!

Já me ocorreu algo bem parecido mas só que foi no metrô! Interessante pensar que por um breve momento todos estão indo para uma direção semelhante mas que depois ninguém vai se lembrar de ninguém dali, cada qual com sua vida e seus detinos, uns tristes, outros felizez e alguns indiferentes vendo a vida passar pela janela. Da mesma forma que outros vão observar a mesma janela, porém se interessar por cada aspecto interessante que julgar!

Nota 10 para o seu post!

Te convido a dar um pulinho no meu!

Abraços

http://www.shitnessbook.blogspot.com

Francisco Jamess disse...

olá.

tô seguindo você =]

se quiser, passa lá também:
http://baiucadobardo.blogspot.com/

Débora Rodrigues disse...

É, não sou a unica abobalhada que fica fascinada olhando atraves das janelas sujas de um ônibus... há muito o que se ver, há muito o que aprender... basta apenas aguçarmos a imaginaçao que as ideias surgem e os simples detalhes do cotidiano se transformam pouco a pouco.
Muito bom o blog, o texto, adorei o "Borboletas são Borboletas...." :) Estou seguindo, beijos!

thamires_fg01 disse...

ahh obrigada pela visitinha amor...
bom eu ja vim no seu blog antes i achei ele super fofo.. nen preciso ficar falando neh .. achu q vc ja sabe disso rs..
bomm eu to te seguindo.. se vc puder me segui vou adoraaa.. bjussss flor

Ricardo Pucci disse...

Muito detalhista. Eu geralmente durmo num Onibus, confesso
sahsahsahsahshashashashas
Seguindo

http://www.juventustravesso.blogspot.com

Nando! disse...

As vezes precisamos observar com mais detalhes as coisas simples do nosso dia a dia..

Ação e Arte e Único uma criação de Allan Ruy disse...

gostei do seu blog ele ta bem organizad para uma boa leitura. vou até segui-lo.
obrigado pelo seu comentário no meu blog. Na verdade todo mundo me pergunta se´ÚNICO vai ter uma companheira rsrs tem muita coisa ainda pra acontecer como vc disse rsrs... continue acompanhando logo colocarei a continuação. abração!!
http://acaoeartehqs.blogspot.com/

Kaique disse...

Muito legal seus textos, o blog é super bonitinho. parabéns :)

Eduarda Duarte disse...

Olá. Que postagem linda.
Eu particularmente me encontrei em seu texto.
Adoro imaginar a vida das pessoas que vejo pela janela do ônibus... penso se elas choraram, sorriram... Quem são...
Realmente muito interessante ler esse texto. Pensei que só eu possuia esse hábito.
Parabéns pela maneira como você escreve.


Passa no meu se quiser, acabou de ser criado.

http://dudaduarterodrigues.blogspot.com/

~ Flá ~ Carpe Diem disse...

Nossa amei seu post, nunca tinha parado para observar o onibus como algo magico, pois na maioria das vezes sinto enjôos. Com tudo seu blog esta muito show. Adorei!

Fabiano disse...

adorei a frase final em que a sua parada não é a última. mto bom o texto.

Danillo Macedo disse...

oi, tudo bem?passando para dar uma olhada no blog, que texto "espelho" não é mesmo?...como é bom encontrar pessoas que passam por experiencias tao afins...ficou muito joia seu blog...quando puder visite meu blog...to seguindo aqui, kisses...

Marília disse...

Muito bom o texto, lembro de todos os dias dentro do ônibus.. rs

Flor, adorei o seu blog, todos os posts e seus textos...
Estou te seguindo e estarei sempre aqui te acompanahando,se puder me segue também?

http://seuamorhojeesempre.blogspot.com/

Beijos!

Danillo Macedo disse...

olá...sou eu sim quem faz todos os desenhos, e geralmente quando escrevo gosto de fazer um desenho para o que escrevi... : ) brigado...xau...D.M.

meus instantes e momentos disse...

gostei desse teu jeito bonito e envolvente de escrever.
Muito bom teu blog.
Maurizio

mariana! disse...

Adorei como você escreveu o texto,fazendo andar de ônibus uma coisa mágica,da próxima vez que andar vou tentar perceber!!
amei o blog *-*

Cavaleiro da Triste Figura disse...

huum
texto interessante..
tem um tempero bem filosofico
amo filosofia!!
já ouviu falar em "filosofia de onibus"??
pois é...

"filosofia de onibus"

faço muito isso!
rsrsrs

estou seguindo!!
XD

Caroline Guccione disse...

nosfan, parece que fui eu que fiz esse texto HASUHASUHAS, sinto tudo isso e mt mais quando entro diariamente no ônibus :) bj

Megaligados disse...

Olá, muito legal e interessante o seu blog. Estou seguindo vc!
Segue o meu blog também, tem notícias bem bacanas voltadas ao mundo do entretenimento, comentadas com muito humor.
http://megaligados.blogspot.com/

exgalinha disse...

Admirado com os detalhes pude ver seus olhos na catraca, vc descreve com suavidade mas ao mesmo tempo como se fosse bem de perto

e detalhe gostei da moça da foto huahuahau

exgalinha disse...

oow segundo post do blog relatos de um galinha foi feito demorou um pouko era pra ser na quinta feira mas saiu na tarde de sexta.. enfim ta lá caso queira da uma passadinha pra conferir

http://exgalinha.blogspot.com/

Ana Ferreira disse...

Você tem aquela sensibilidade notável de quem escreve. Quando escrevemos, nós queremos que o mundo sinta aquilo que sentimos, nós nos aproveitamos das minuciosidades da vida, dos pequenos detalhes... E este texto é a prova disso. Excelente, mesmo!