quarta-feira, março 27, 2013

Cachorro


Rosnou, latiu, esfregou o corpo no sofá cheio de pelos.
Pediu um pedaço daquele doce que ele queria inteiro, espera atento a carne assada na panela. Se deitou entre os meus pés e virou o corpo pedindo carinho. Tão somente abriu a boca e beliscou o dedão do meu pé com os dentes. Fez trela. Rasgou os papeis e rasgou a folha de repolho que eu deixei cair. Correu com algo meu na boca e logo se deitou num canto escondido pra  babar nele.
Saí. Andei pela cidade. Voltei.
Voltei e ele pulou eufórico em cima de mim como se eu tivesse partido há anos. 
Me acompanhava à pulos a cada passo que eu dava. Me chama pra brincar.
Pediu o doce.
Pede o assado.
Me pede carinho.
Me morde fraquinho.
Faz trela.
Rasga. 
Pega o que é meu pra brincar.
Corre.
Eu saio.
E quando chego ele me ama como se eu não tivesse saído há apenas 2 minutos.

2 comentários:

Dilly Monnete disse...

Coisa mais boa desse mundo é cachorro :3
Mas o meu é muito travesso, acho que vou acabar doando ele pra alguém rsrs'
Saudades, moça.
Beijos <3

Milenna Dartora disse...

ooi fofa, amei o blog? dá uma passadinha no meu? E se gostar segue? Obg '-'

http://cutetime-mi.blogspot.com.br/