segunda-feira, março 04, 2013

Eu (vo)ando como um passáro




Ultimamente não tenho tido muito tempo disponível.  Estou estudando pra caramba pra prestar vestibular novamente nesse ano e isso tem me anulado de muitas coisas como por exemplo, a frequência de postagens aqui no blog. Mas, enfim, deu um tempinho e eu apareço.

Não importa se o ninho tem poucos ou muitos galhos.
Não importa se a árvore em que o seu ninho está tem poucos ou muitos frutos.
Não se considera se o seu canto é o mais ou o menos bonito.
Nem se vê se é tão pequeno ou se é tão grande.
Não são as suas penas que vão dizer o que ele é.
Se é azul ou amarelo, tanto faz.
Se as asas são grandes ou pequenas isso não o impede.
Não o impede de abrí-las e sair voando.
Voar.
É isso.
Todos eles voam.
Não é isso que importa?
Sim, é.




2 comentários:

Hertinha disse...

Sim, é isso que importa!...As vezes uma asa mais pequena tem muito mais capacidade para voar do que aquela que grande lhe parece....
bjs continue estudando e escrevendo... a vida só tem sentido na luta....

tcapistrano disse...

Primeiramente, boa sorte no vestitublar. Sei bem o que é isso :x Estou tentando veterinária esse ano e as coisas estão pegando pro meu lado. hahahahaha Mas sempre coragem e teimosia em dia, porque é mais que necessário. :D


E seu texto, nossa... estava pensando justamente nisso ontem. E concordo. A essência de algo deve ser mesmo mais valorizada que todos os apetrechos para deixá-lo atrativo.
Continue escrevendo, apesar dos estudos. Estou usando isso pra relaxar um pouco esses dias. ^^