Em Contos

O último momento, um eterno.

Deitada na sua cama com lençóis branquinhos e uma almofada aconchegante a abraçar sua cabeça. Seus cabelos tão brancos revelam tantos dias, segredos, momentos; tantas histórias. Histórias em que boa parte estive eu, presente. Segurando sua mão firme, fiquei a olhar para ela que olhava para mim com os olhos cansados, mas leves.
- Vó, quer alguma coisa? Tá precisando de alguma coisa? Se sentir algo, me diz que eu chamo a enfermeira.
- Não, meu querido... Estou bem. Disse ela com a voz que já não tinha tanto vigor.
Eu lembro de quando ela me colocava no colo e dizia que eu fosse um bom menino. Em seguida me dava algumas moedas e eu ia para a barraquinha mais próxima pra comprar alguns pirulitos.
Uma vez, no meu quarto jogando vídeo game, a ouvi falar bem baixinho do seu quarto:
- Deus, cuida do meu menino... cuida do meu netinho. Que ele seja feliz.
Antes, as mãos dela cozinhavam aquela comida que só vó sabe, costuravam minha calças rasgadas e pintavam verdadeiras obras de arte.. Hoje ela segura minha mão quente que aquece a mão fria dela.
Tento esconder o meu olhar, porque ela sabe decifrar, mas é tarde. Ela olha pra mim comprimindo os olhos.
- O que você tem, querido? Pergunta.
- Nada, vó. Tá tudo bem.
- Eu sei que não...
Ela me olha com ternura, tentando trazer conforto. Tento segurar o fôlego na tentativa de não deixar rolar uma lágrima, mas as lágrimas são como energia que se conectam com os sentimentos e nesse momento há puro sentimento. Com a mão trêmula ela acaricia o meu rosto dissipando as lágrimas que caem.
- Te amo, vó. Te amo demais!
- Ela sorri.
Me inclino e beijo sua testa e aí sinto. Sinto que não consigo sentir mais. Um último suspiro. Volto, olho e vejo o sorriso cravado no seu rosto e os olhos fechados.

5 comentários:

  1. Olá!! Sou uma nova seguidora, e estou encantada com os seus textos. Esse me fez ficar melancolica, realmente achei lindo.
    Acompanharei suas postagens a partir de hoje. Bjinhos

    My Universe Otaku

    ResponderExcluir
  2. Chorei lendo esse texto lindo.
    Me trouxe tantas lembranças =/
    Amei as palavras

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  3. Olá Hozana, quanta emoção nesse texto!
    Eu não tive a oportunidade de estar com os meus avós, eles faleceram cedo mas, chorei enquanto estava lendo por imaginar uma cena tão triste como essa e, saber que nunca terei essa lembrança.
    Nossa mente as vezes nos prega peças..rs!

    Beijos e Abraços Vivi
    Resenhas da Viviane

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Amei o texto, me fez recordar várias coisas e me lembrar da minha vó
    Beijos
    https://focadasnoslivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Que lindo texto :)
    obrigada pelo comentário já sigo o blog
    Rêtro Vintage Maggie | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir