SOBRE

Pernambucana, nascida em meados de 90' e alguém que mais do que amar escrever, sente a necessidade de escrever. Comecei a escrever quando criança e sinto que isso já veio impresso na minha alma quando eu nasci. Desde que me entendo como pessoa, me vejo cercada pelo universo literário e isso me salvou muitas vezes. Meu amor pelas palavras sempre foi grande e me fez crescer, sonhar, chorar, suspirar, amar, caminhar e me transformar nelas. Ainda muito pequena, comecei a escrever versos, poemas e poesias para me expressar e presentear as pessoas e os locais que me cercavam. Sim, eu escrevia para coisas também. Lembro que meu primeiro poema foi escrito quando eu tinha 7 anos de idade e nele eu falava de uma professora que eu gostava muito, comparando-a com a lua. É só disso que me lembro. Algum tempo depois, muito mais de mim foi surgindo e se perdendo em pedaços de papéis que eu não guardei. Alguns, eu repetia tantas vezes para as pessoas que eu conhecia (outras, não) que até hoje estão guardados na minha memória.
O blog nasceu na minha adolescência, quando eu queria poder registrar um pouco de mim e de tudo que me toca, que me tece e que me expressa através da palavras. Entre vidas e idas, pausas e retornos, o blog se mantém e eu sempre volto para ele porque sinto que hoje é um pedaço orgânico da minha consciência.
As palavras transformam, se transformam e fazem aqueles que tocam através delas ou são tocados por elas, evoluam e alcem voo. Como uma borboleta.


SHARE:
© Borboletra